Quimera

Quimera

Quimera

Capaz de respirar fogo, era parte bode e parte leão, com cauda de cobra. Era filha dos monstros Tífon e Equidna. A Quimera era tratada como um espantoso animal de estimação pelo rei da Cária, mas escapou e instalou-se numa montanha da Lícia. Lá aterrorizava a região até que o rei Iobates da Lícia ordenou a Belerofonte que matasse a criatura.

Anúncios

7 pensamentos sobre “Quimera

    • Olá Camila. Quimera significa tanto um monstro da mitologia grega, com cabeça de leão, corpo de cabra e cauda de dragão, quanto pode significar uma criação absurda da imaginação, uma fantasia, utopia, sonho; é definido também como uma coisa impossível, irrealizável; algo absurdo. Logo esse bicho não existe – pode ficar tranquila.

  1. Parabéns pela exposição breve e esclarecedora para os nossos alunos. Acrescentaria também o sentido que a palavra quimera vem tomando no mundo hodierno: devaneios que podem ser apenas fantasias, mas também podem ser insumos de reflexões mais profundas sobre uma “realidade” que, diga-se de passagem, nem sempre é palpável. Ps. Antes que alguém venha me perguntar o que eu entendo como “realidade”, acrescento as aspas.

Grato pelo comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s