Wittgenstein e a linguagem

“Imaginar uma linguagem é imaginar uma forma de vida. É o que fazemos e o que somos, o que dá sentido a nossas palavras (…) Vemos o significado do que dizemos como algo estranho, misterioso, escondido. Mas, não há nada escondido! Tudo está à vista! São os filósofos que enredam a meada!”

Anúncios

Grato pelo comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s